18/12/2014

Nós gatos já nascemos pobres...


Somos muitos, porém mesmo sendo muitos, somos invisíveis.

Não somos notados, ainda quando andamos ao seu lado, ou quando corremos amedrontados da presença da sua espécie.

Vez ou outra os seus filhotes, seres tão puros, tem alguma compaixão, mas logo são arrastados com selvageria pelos mais velhos que dizem que somos imundos, indigentes, transmissores das piores doenças!


Raramente pessoas olham pra nós com afeto, e quando olham, nem mesmo elas sabem como faz a diferença em nossa vida, como lembramos delas pra sempre!

Muitas vezes tudo que precisamos, pedimos ou desejamos é um pouco de comida, um pouco de água pura, que por aqui não tem quase nenhuma, talvez um afago na cabeça ou nas orelhas que ficam tão frias em dias de chuva, isso já seria muito bom!


Não precisamos ser levados para suas tocas, nem mesmo que nos criem junto dos da sua espécie, claro que isso seria muito bom, afinal, todos nós gostamos muito de seres de bom coração.

Mas entendemos que assim como nós não temos o bastante pra abrigar um igual a você, também pode ser que você não tenha o bastante pra um de nós.


Suplicamos por existência!
Suplicamos pra não vemos mais nossos semelhantes morrendo por falta do bem mais básico, a comida!
E então desistimos das súplicas, porque a primeira delas não foi atendida.

Depois de tudo, nos acostumamos, nos aconchegamos em nosso próprio abraço, e aprendemos a precisar apenas de nós mesmos.

E ainda assim, sua raça não satisfeita, passou a nos chamar de seres "insensíveis" e "esnobes", alegando que não somos carentes, então, não os amamos... Como podem dizer isso depois de tudo que fizeram?


Nós amamos!

De uma forma que sua raça ainda nem compreende!

Nós sentimos, temos uma alma também, aprendi a viver bem na escuridão, porque nunca houve alguém pra ascender a luz e me mandar entrar.

E continuo aqui, junto com os da minha raça, morando nas falhas das construções do seu povo, vivendo de restos, mas ainda vivendo, ainda amando, ainda sentindo!

Quando vão nos enxergar, eu não sei, mas sei de uma coisa: Sempre vou enxergar você, sempre que quiser um amigo, ou um companheiro, pode contar comigo, estou aqui esperando por você!

E se essa mensagem pôde ser transmitida pelas mãos de um igual a você, então, tudo deve estar melhorando!
"Nós gatos já nascemos pobres, porém, já nascemos livres! Senhor, senhora, senhorio, felino não reconhecerás!" - Chico Buarque

4 comentários:

  1. Amei esse post me emocionei :') eu adoro gatos e custa-me muito ver algum na rua a passar fome e frio eu se podasse ficava com todos mas infelizmente não dá além de não ter condições financeiras tenho um gato e ele não iria aceitar outro pois tem uma personalidade difícil e é meio mauzinho as vezes mas mesmo assim eu gosto dele :) parabéns pelo post está lindo http://ocadernodasideiasparvas.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, fico MUITO feliz que tenha gostado Patty, mesmo, obrigado pelo comentário!
      Também fico muito triste quando vejo eles na rua, já peguei vários pra alimentar, limpar, cuidar e dar um pouco de atenção, mas nunca mantive nenhum preso, eles sempre foram embora quando quiseram, e sei lá... Sinto uma espécie de dever cumprido quando eles vão, significa que eles já estão bem pra seguir em frente =)

      Mas enfim, compartilha o post, assim, quem sabe a gente não muda um pouco essa realidade e toca o coração das pessoas? Obrigado pelo comentário, mais uma vez!

      Excluir
  2. Caramba, muito bom o post. Parabéns mesmo ^^
    Infelizmente o que mais existe é gato precisando de um lar. O pior de tudo que já vi casos de pessoas que deixaram de adotar um gatinho só porque ele era da cor preta :(.
    Ontem mesmo apareceu um aqui no meu prédio e o bichinho foi expulso, super manso. Mas não tenho condições de pegar mais um animal. Já tenho duas cadelas (uma adotei) e um coelho num apartamento pequeno. Se eu morasse em casa tentaria ajudar o quanto eu pudesse (quando eu morava em casa tinha aparecido um gato preto -lindo-, eu cuidei por uma semana e depois ele foi embora).
    Parabéns pelo blog ;)

    |A Beautiful Lie|

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito, muito, muito obrigado pelo comentário, é maravilhoso saber que tem gente que se importa ainda com essa dura realidade, é realmente gritante, tantas pessoas tem tanto e dão tão pouco, e tudo que a maioria deles querem é um pouco de comida...
      Mas enfim, é ótimo saber que a diferença está em pessoas como eu e você, e que talvez, um dia, esteja na grande maioria das pessoas!

      Excluir



copyright ©2014 - Todos os direitos reservados - Rafael Paes - Programação e Ilustração Rafael Paes